sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Relembrando a União Soviética


Caros amantes da história:

Achei interessantíssimo esse vídeo sobre a União Soviética. Inicia com uma gravação de uma entrevista com um soldado russo durante a segunda guerra, justamente quando a situação começava a ficar feia para os russos e a vitória alemã parecia óbvia (chegavam a avançar quase 70km por dia dentro do território soviético). O soldado parece exausto, desesperado e mesmo assim pede para que todos se mantenham fortes no Front. Traduzi suas palavras para que vocês pudessem apreciar o discurso (basta ativar as legendas no youtube).

Em seguida, começa uma seleção impressionante de imagens da União Soviética desde os anos 30 até 80, mostrando as principais figuras e a vida cotidiana no país.

Por fim, mostra confrontos entre manifestantes comunistas e anti-comunistas no século XXI na Rússia.

Perdoem-me pela baixa qualidade das imagens e espero que possam deixar a questão ideológica do vídeo de lado e apenas apreciar a questão histórica.


3 comentários:

  1. O comunismo tinha uma estrutura mitológica e um sentido escatológico. Quando os humanos querem ser transcendentes por si mesmos aparece um nazismo, aparece um Nietsche, aparece um iluminismo...aparece um comunismo...:)

    ResponderExcluir
  2. Recentemente vi um muro grafitado aqui de uma longínqua cidade bem na boca das bordas do altiplano central do Brasil, uma cidade de 180.000 almas. E qual era o recado? "Stalin vive". Vi de relance e rezei pela pobreza daquele espírito. Mas qual espírito?, de quem escreveu. A morte só existe na opção de viver sem Deus depois que se morre. Realmente não só Stalin, mas todos que nos antecederam vivem. Não sabemos se vivem na vida ou na morte. Morramos e saibamos..:)

    ResponderExcluir
  3. Há uma postagem aqui mais ou menos alusiva ao que o próprio Hitler falava: quando se quer minar uma nação, comece por disseminar pornografias entre seu povo ou qualquer outra deformação da vivência da sexualidade. Hiltler sem o saber pregava que vamos morrer nesta vida conforme a vivemos...:)

    ResponderExcluir